sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Um dos melhores fins-de-semana do ano começa amanhã

Finalmente o Dewey's está a umas horas de começar, e isto juntando ao #spookathon, #frightfall, #mloutonoinverno2017 e #lecomoestiveres, isto vai ser uma festa 😄

Resultado de imagem para dewey's readathon

Então, como é que vai funcionar este fim de semana? Eis os meus planos:

O Dewey's começa, se não estou em erro, às 13h, portanto a partir daí, será uma batalha entre livros, sono e comida para me manter durante as 24 horas. Ora, o passatempo d'A Síndrome de Peter Pan acaba hoje, portanto, se conseguir, amanhã de manhã ainda publico o/a vencedor/a, senão, o mais tardar, segunda-feira de tarde anuncio o resultado. Combinado?

Agora, vamos aos PLANOS para um dos melhores fins-de-semana do ano 💓

Spook-a-Thon 2017
FrightFall 2017

A Spook-a-thon e a FrightFall, as maratonas de Outubro, vão ser o meu mote para a escolha dos livros nestas 24 horas. Espero conseguir terminar A Múmia, de Anne Rice (faltam-me 174 páginas) e conseguir começar e terminar Sonhos Malditos, de Carina Rosa, e o de terror de Henry Alfred Bugalho - são aqueles livros pequeninos que se lêem bem e rápido e dão-nos sempre aquela sensação de estarmos a chegar a algum lado 😃

A Mumia Ou Ramses, O MalditoSonhos malditosFantasmas, Vampiros, Demônios e histórias de outros Monstros

Contando que entre desafios e leituras e batalhas intermináveis contra o sono ainda consiga arranjar espaço para outro livro, então espero conseguir continuar a leitura de A Condessa ou, quem sabe, começar o de Joe Hill, Fantasmas do Séc. XX.

A CondessaFantasmas Do Século XX

Concluindo, é a minha TBR da Spook-a-thon 😆

Entretanto, alguns destes livros vão-se encaixar na Maratona Literária Outono/Inverno 2017, cujo post de apresentação (apesar de ter começado no dia 15) vai sair para a semana. E para os mais desatentos, façam favor de espreitar o vídeo da Dora aqui e vamos lá aderir ao #lecomoestiveres, uma mini-maratona/desafio que vai decorrer entre as 20h de hoje e as 8h de segunda-feira. Espreitem o vídeo e descubram do que se trata, está bem engraçado!

Foto de Roberta Frontini.


Portanto, espera-me um fim-de-semana em cheio e mal posso esperar que ele comece! E vocês, que planos têm para este maravilhoso fim-de-semana?

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Book Blogger Hop #23


Quem é o teu autor favorito de horror / suspense e porquê?

Estas são sempre aquelas perguntas difíceis porque automaticamente vieram-me à mente dois nomes: Anne Rice e Stephen King. Apesar de adorar Anne Rice muito mais, sem comparação, não posso deixar de mencionar Stephen King.

Anne Rice é uma das minhas autoras de eleição, como vocês já sabem. Apesar de não ser aquela escritora mestre em nos dar arrepios na espinha (pelo menos, do que já li dela), penso que é de qualquer das formas considerada uma autora de terror, ou, pelo menos, de sobrenatural. O romantismo da sua escrita, o erotismo das suas histórias, a beleza dos seus universos, é tudo tão perfeito que é-me difícil encontrar autores que consigam chegar ao seu nível. Mais uma vez, não é uma autora que nos deixe os cabelos em pé, mas de certeza que é bem capaz de nos deixar com pele de galinha ao  ler alguma das suas descrições poeticamente assombrosas.

E claro, Stephen King. Como deixar passar uma pergunta destas sem falar de um dos mestres de terror? A minha aventura com o autor começou com um livro que de terror tem pouco (ou pelo menos assim me pareceu quando o li, já foi há uns bons anos atrás): A História de Lisey. Daí passei para uns contos que, há uns sete anos atrás, me deram vontade de criar um blogue literário pois o que eu tinha lido era tão soberbo que tinha de falar sobre isso. Algum do seu terror pode ser já um bocadinho ultrapassado, mas continua a ser um autor que aprecio imenso, estando ainda longe de ler todas as suas obras. Para já, a que mais gostei foi Carrie, e espero ser este o ano em que finalmente leio A Luz.

Menção honrosa, claro está, para Edgar Allan Pöe. Apesar de não me ter saltado logo à ideia, é um autor que me é muito querido e dispensa apresentações - apesar de um terror que hoje em dia pouco mais nos deixa um tudo ou nada sobressaltados, a sua obra e o seu génio continuam eternos.

Uma última menção honrosa para William Peter Blatty. Apesar de só ter lido O Exorcista, damn... aquele homem sabe escrever terror.

E vocês? Quais os autores que mais apreciam dentro deste género?
Dêem-me recomendações 😄

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A Síndrome de Peter Pan, de Eliana Pyhn - Sinopse & Opinião [4 Estações]

A Síndrome de Peter Pan
Título: A Síndrome de Peter Pan
Autora: Eliana G. Pyhn
Editora: 4 Estações Editora
Ano de Publicação: 2017
Número de Páginas: 208

O relacionamento apresentado neste livro mostra uma realidade que inúmeras mulheres enfrentam na vida quotidiana, tanto real como virtual, ao encontrarem parceiros portadores da Síndrome de Peter Pan.
E é, precisamente o que vivemos hoje, uma sociedade carente de adultos, de referências maduras e de verdadeiros líderes, mas, saturada de comportamento adolescente.
Uma sociedade de Peter Pans vive à margem do mundo real, caminhando sem rumo e sem propósito, resultando na estagnação de toda uma geração.

**********************

Ao início não ia ler este livro, por ser tão diferente daquilo que normalmente leio. Dei uma vista de olhos pela novidade editorial e automaticamente marquei como não, mas passados uns dias estava intrigada com o que seria isto da Síndrome de Peter Pan. O nome soa extremamente romântico, e depois de uma rápida pesquisa, fiquei muito curiosa com o livro e com a síndrome em si. O facto de só afectar homens (maioritariamente) deixou-me ainda mais com a pulga atrás da orelha e o meu não automático tornou-se num sim muito grande e ansioso.

Tão ansioso, que li este livro num único dia.

A Síndrome de Peter Pan conta a história de Diogo e Virna, dois estranhos separados por um oceano e cujos caminhos se cruzam nos emaranhados da internet. Da sua relação aprendemos o que é esta síndrome, como se manifesta consciente e inconscientemente. A nível da história em si, pouco mais há do que isto - capítulos curtos, com as suas trocas de mensagens e e-mails e depois sempre com uma análise final, que denotava os pontos altos de como a síndrome se estava a instalar. Confesso que por vezes esta análise pareceu-me desnecessária, pois o conteúdo das mensagens andava um pouco à volta do mesmo e por vezes os capítulos eram tão curtos que a análise acabava por cortar um bocadinho o ritmo de leitura.

Não achei a relação das duas personagens muito natural, o que me fez distanciar-me um pouco do livro em si. Chamem-me antiquada ou qualquer outra coisa, mas a forma como os dois se envolveram, quase instantaneamente, e as condições, não me convenceram. O tema em si é extremamente interessante e tem pano para mangas, mas achei que a relação de Virna e Diogo deveria ser mais explorada. Mesmo assim, não deixei de apreciar a leitura e sem dúvida que aconselho este livro.

É muito raro fugir à minha zona de conforto no que toca a livros, mas neste caso, ainda bem que o fiz. Desconhecia por completo esta síndrome e sem dúvida que, apesar de a sua teoria ter aparecido pela primeira vez em 1983, sinto que a cada ano que passa se torna cada vez mais actual. Pelo que pude perceber, não há evidências de que esta síndrome seja uma doença psicológica real, e por isso não está referenciada nos manuais de transtornos mentais(*), mas de certeza que todos nós conhecemos um Peter Pan - e até que ponto é que seremos capazes de ler este livro e de reconhecer em nós o Peter Pan? Aqui fica o desafio!

Mais uma vez, uma edição de muito bonita, com a parte gráfica do início dos capítulos muito bem trabalhada e que torna a leitura mais agradável. Um pequeno grande livro, com muito para aprender e uma leitura que vale definitivamente a pena.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Top Ten Tuesday #67


10 livros cujas capas fazem lembrar o Outono

Há estação do ano mais bonita que o Outono? Não! E a juntar isto a book covers porn, adoro este TTT 😍
Em vez de me limitar a pesquisar no Google e a aumentar a minha TBR, dei uma volta nas minhas estantes e deixo-vos aqui a minha selecção de dez capas outonais:

1. O Homem que Perseguia o Tempo, de Dianne Setterfield
2. O Jardim Secreto, de Francisco Gouveia
3. Império Terra, de Paulo Fonseca
4. Lail-Ah, O Divórcio de Deus, de H. James Kutscka

O Homem que Perseguia o TempoO Jardim Secreto
Império Terra - O PrincípioLail-Ah, O Divórcio de Deus

Neste ponto, fiquei sem mais opções físicas 😆 Então lá fui eu ver a minha TBR no Goodreads, e aqui ficam:

5. Graveminder, de Melissa Marr
6. O Décimo Terceiro Conto, de Diane Setterfield
7. Fire and Hemlock, de Diana Wynne Jones
8. A História de Edgar Sawtelle, de David Wroblewski
9. Lady Macbeth, de Susan Fraser King
10. The Becoming of Noah Shaw, de Michelle Hodkin 💗

Graveminder (Graveminder, #1)O Décimo Terceiro ContoFire and Hemlock
A História de Edgar SawtelleLady MacbethThe Becoming of Noah Shaw (The Shaw Confessions, #1)

domingo, 8 de outubro de 2017

Passatempo! "A Síndrome de Peter Pan", de Eliana Pyhn

Tal como prometido, aqui fica o passatempo que, para os seguidores do Facebook, Instagram e Twitter, já não é surpresa nenhuma 😄

Resultado de imagem para 4estações editora

Com o apoio inestimável da 4Estações Editora, um exemplar de A Síndrome de Peter Pan, de Eliana Pyhn, vai direitinho para casa do vencedor. Para se habilitarem a ganhar, só têm de preencher o formulário abaixo. Quantas mais respostas puderem dar, mais entradas ganham. Vocês já sabem como é 😃
Tenho desde já a dizer-vos que li o livro num dia. É um assunto bastante interessante e, como podem perceber, uma leitura rápida mas que definitivamente vale a pena.

A Síndrome de Peter Pan

O relacionamento apresentado neste livro mostra uma realidade que inúmeras mulheres enfrentam na vida quotidiana, tanto real como virtual, ao encontrarem parceiros portadores da Síndrome de Peter Pan. A história mostra as dificuldades vividas pelo homem Peter Pan e, também, pelas pessoas que se relacionam com ele. No desenrolar da trama, verá que este comportamento é muito mais comum do que se imagina, e provavelmente identificará alguém do seu convívio que possui o perfil do homem  Peter Pan.

Se este comportamento traz sofrimento as pessoas diretamente envolvidas, muito maior é o dano quando estas atitudes se multiplicam e passam a dominar o comportamento de uma sociedade. E é, precisamente o que vivemos hoje, uma sociedade carente de adultos, de referências maduras e de verdadeiros líderes, mas, saturada de comportamento adolescente. Uma sociedade de Peter Pans vive à margem do mundo real, caminhando sem rumo e sem propósito, resultando na estagnação de toda uma geração.

Regras:
1. O passatempo é válido até dia 20 de Outubro às 23h59.
2. Só é válida a participação de residentes em Portugal.
3. O blogue não se responsabiliza por qualquer extravio por parte dos CTT.
4. Algumas entradas são obrigatórias, outras são à vossa escolha (podem acumular até 16 entradas!).
5. Divirtam-se!


a Rafflecopter giveaway

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Spook-a-Thon 2017

Foto de Elsa Esteves.

A Spook-a-Thon está aí e, como não podia deixar de ser, com desafios fantásticos e que me deixam cheia de planos para cumprir e uma lista TBR enorme! O que importa, realmente, é divertir-me juntamente com os outros participantes e, sobretudo, ler, ler e ler.

Foto de Elsa Esteves.

1. A Condessa, de Rebecca Johns
Este livro é acerca de Erzsébet Báthory, a condessa que viveu entre o século 16 e 17. A personagem que viria a inspirar todo um folclore à volta dos vampiros... nada podia ser mais apropriado 👻

2. Despertar, de L.J. Smith
Ainda na onda dos vampiros e mitologia, finalmente vou tentar ler o primeiro volume dos livros que deram origem à série Os Diários dos Vampiros, que eu adoro. Consegui comprar os cinco primeiros volumes na Feira do Livro do Porto, no mês passado, a 2,50€ cada um... quase que me dava uma coisinha má! ✌

3. Sonhos Malditos, de Carina Rosa
A minha primeira escolha tinha sido um livro passado na Finlândia que comprei há uns meses atrás, mas depois pus-me a pensar e tendo em conta que espero este Halloween conseguir fazer uma daquelas visitas a casas assombradas, decidi escolher um livro bem português e começar a entrar no mood ideal para uma visita assustadora.

4. Fantasmas, Vampiros, Demónios e Histórias de Outros Monstros, de Henry Alfred Bugalho
Fartei-me de procurar uma capa que realmente me provocasse arrepios mas não estava a ser fácil encontrar um livro que fizesse o clique. Até que encontrei este, e decidi escolher este senhor título simplesmente porque a fotografia de capa é, supostamente, uma fotografia verdadeira de um fantasma (pesquisem sobre fantasmas de Lady Jane - ou cliquem simplesmente aqui - e bons sonhos).

5. A Múmia, de Anne Rice
Vá, neste aldrabei mesmo muito! Mas são muitos projectos para Outubro e tendo em conta que a Múmia é leitura obrigatória por ser uma leitura conjunta, acabou por calhar nesta categoria.

6. Fantasmas do Séc. XX, de Joe Hill
Há dois motivos que me levam a escolher este livro: um, porque apesar de adorar coisas de terror, fantasmas e afins, sou extremamente susceptível a essas coisas porque fico a cismar em tudo e espero neste livro ter alguns contos que me vão fazer querer dormir de luz acesa; e dois, porque da primeira vez que li Joe Hill, esperava algo mais dark e então tenho medo de criar demasiadas expectativas para este livro e depois ser uma bela treta.

A CondessaO Despertar (The Vampire Diaries #1)Sonhos malditosFantasmas, Vampiros, Demônios e histórias de outros MonstrosA Mumia Ou Ramses, O MalditoFantasmas Do Século XX

Já leram alguma das minhas escolhas? Contem-me tudo!

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Outubro!

Resultado de imagem para hello october

Se eu adoro Setembro, então Outubro nem se fala. A única coisa que me está a deixar um bocadinho triste neste Outubro é, neste momento, olhar lá para fora e estar um calor descomunal. Outono, quando é que vais marcar uma posição?

Este mês é cheio de coisas boas e eu espero conseguir cumprir tudo a que me vou comprometer! Vai ser uma tarefa e pêras, mas Outubro é especial... pode ser que me dê a motivação extra que preciso.

Spook-a-Thon de 2017
A maratona da Elsa da Ordem d'Avis, no seu maravilhoso grupo do Tuga-a-Thon. Só pelo nome já podem ver quão boa vai ser e vai durar todo o mês.

Dewey's
O meu coração até salta um bocadinho só de pensar no Dewey's. Dia 21 está quase aí!

Fright Fall
A maratona da Michelle do Seasons of Reading que vai durar o mês todo, pela primeira vez (se não estou em erro). Vou tentar ao máximo conjugar com a Spook-a-Thon.

Pré-maratonas Dewey's
Pois, como se não bastasse a alegria que é o Dewey's, ainda há as pré-maratonas que eu espero conseguir cumprir e eu já sei que vou adorar. É o Dewey's!

Leitura conjunta A Múmia, de Anne Rice
Esta leitura conjunta será feita com a Michelle, que tem o never-ending challenge de ler tudo da Anne Rice (eu chegarei lá!) e para o mês de Outubro decidiu-se escolher o livro A Múmia.

Festival Bang!
Estou a fazer tudo o que posso para ir ao festival. Ter a oportunidade de estar com a Anne Bishop? Nem pensar! Já perdi a oportunidade de estar com a Juliet Marillier, a Bishop não me escapa.

Como podem ver, vai ser um mês em cheio - ao mesmo tempo, a Pottermania continua e eu desleixei-me muito durante Setembro, ainda me faltam fazer os desafios da casa Slytherin. Mais uma coisa para Outubro ser em grande!

Fiquem atento aos próximos dias, pois vou começar a postar as maratonas, os objectivos e afins. E revelo já aqui um segredo: este mês, há passatempo. Que bom!

Um bom Outubro para todos!